Clique aqui para informações e assistência técnica.
Clique aqui e conheça o líder mundial.








Saiba o que isso significa para você.

Quais são os tipos de alergias?
4. Alergias cutâneas

Dermatite de contato

Dermatite de contato, também conhecida como eczema de contato, é o termo utilizado pela reação exagerada na pele causada pelo contato direto com certas substâncias químicas alergênicas chamadas de haptenos.

A reação pode ser alérgica ou não alérgica. A única forma de distinção entre elas é a avaliação diagnóstica feita pelo médico e o teste de contato.

Eu tenho dermatite de contato?

Como evitar a alergia?

Como diagnosticar a dermatite de contato?

Como tratar a dermatite de contato?

 

Eu tenho dermatite de contato?

Se você se sensibilizou pelo contato com determinada substância, seu Sistema Imunológico reagirá toda vez que você entrar em contato com ela.

Essa reação pode ser devida a uma sensibilização anterior, pelo uso dessa substância como componente de algum cosmético, perfume, desinfetante, utensílios de borracaha, roupas, bijouterias, etc.

A reação pode acontecer em algumas horas ou após alguns dias após o contato. Os sintomas na pele, normalmente, são coceira, vermelhidão, ardência e algumas vezes a formação de bolhas. Em casos mais graves a lesão pode afetar grandes áreas do corpo.

Como já dito, se você reagir a um alérgeno, provavelmente você terá as reações pelo resto da sua vida, sempre que fizer contato com a substância. É, portanto importante que seu médico determine com segurança o tipo de substância a que você é alérgico, para que lhe oriente sobre as medidas a serem tomadas.

retornar ao tôpo

Como evitar a alergia?

Para poder evitar o contato com as substâncias que causam a dermatite de contato, é necessário que o médico determine quais são aquelas que lhe causam a alergia. Informações detalhadas sobre seus hábitos, tipo de trabalho, hobbies e todas as outras atividades e utensílios, os quais você pode fazer contato com substância sensibilizantes ao contato, são fundamentais para que o médico as utilize no diagnóstico, através do teste de contato.

Com o resultado do teste o médico poderá lhe orientar como proceder para evitar o contato com as substâncias que lhe causam a alergia na pele.

retornar ao tôpo

Como diagnosticar a dermatite de contato?

A única forma de se diagnosticar a dermatite de contato é o Teste de Contato.

O teste consiste na aplicação de pequenas quantidades de substâncias para teste de contato, recomendadas pelo Grupo Brasileiro de Estudo em Dermatite de Contato (GBEDC) da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e outras complementares, que o médico achar necessário.

A aplicação é feita com fitas adesivas contendo as substâncias, que são aderiadas às costas do paciente. Essa fita fica aderida à pele por 48 horas
e não pode ser molhada nem removida. Ao fim desse período o médico retira as fitas e procede duas leituras, uma no mesmo dia da retirada e outra 48 horas mais tarde, ou seja, 96 horas desde o início do teste. A leitura é a verificação do aparecimento de reações no local do teste, como inchaço, vermelhidão e pequenas bolhas, relacionadas às diferentes substâncias.

retornar ao tôpo

Como tratar a dermatite de contato?

Com os resultados do teste de contato o médico poderá lhe orientar sobre as formas de evitar o contato com aquelas que lhe causam dermatites. O uso de materiais de proteção como luvas, aventais e outros equipamentos podem evitar as reações.

O médico também poderá indicar alguns medicamentos que controlam os sintomas, caso inadvertidamente você fizer contato com algum material que lhe cause a dermatite.

retornar ao tôpo

Tipos de Alergias